Treino ou dieta: O que é mais importante?

Obviamente a dieta é um fator primordial para quem deseja obter quaisquer ganhos musculares, sejam eles grandes ou pequenos. É através da dieta que disponibilizamos energia suficiente ao corpo para a atividade física e do dia-a-dia, para a síntese de novos tecidos, para o aumento na captação de glicose pelo músculo, para a síntese das hormonas protéicas e esteróides e para outros milhões de fatores. É através da dieta que disponibilizamos também a água, hidratando adequadamente o corpo, possibilitamos a disponibilidade de micronutrientes que atuarão como co-fatores nos processos metabólicos, etc. Em resumo, a dieta possibilita a existência da vida e não tão somente do desempenho físico.

Em contrapartida, como estamos falando da prática de desporto e mais especificamente da hipertrofia muscular, seria totalmente incoerente não levar em conta os fatores proporcionados pelo treino. É através dele que temos a possibilidade de estimular o corpo das mais diferentes maneiras para que assim possamos causar as adaptações e superações conforme nosso objetivo. É através do treino que damos o estímulo necessário para o desenvolvimento não só muscular, mas ósseo, tendíneo, cartilaginoso, entre outros.

Pois bem… Como podemos ver, ambos possuem papéis fundamentais no que se diz respeito ao crescimento muscular mas, afinal, qual é mais importante?

Se me perguntassem isso a um tempo atrás, eu certamente diria que a dieta. É através dela que de fato conseguimos modificar nosso corpo para o ganho de peso, para o emagrecimento ou para o que for. Mas com o passar dos tempos e com o pouco que aprendo dia-a-dia hoje digo que ambos possuem exatamente a mesma importância, pois sem um treino não há estimulo para a hipertrofia muscular, e sem uma boa dieta não há nutrientes para obter resultados do treino.

Imagine que você mantenha uma dieta hipercalórica perfeita, com suplementos de altíssima eficácia e tecnologia, com alimentos finos e com alto valor nutricional. Mas, que não pratique atividade física. Qual será o resultado? Você ganhará peso sim… Mas peso gordo! Sem que haja o estímulo, as células musculares não necessitarão de reparo, o músculo não captará mais glicose, água e outros e consequentemente não haverá hipertrofia muscular. E é para isso que damos o devido estímulo através do treino.

Todavia, digamos que você pratica atividade física adequadamente, utiliza uma intensidade absurdamente alta, treine no limite e obtenha um bom desempenho físico. Isso provavelmente não refletirá em resultados caso você não obtenha uma alimentação adequada para suprir suas demandas de energia, de proteínas, de lipídios e de micronutrientes. O resultado pode até ser um pequeno desenvolvimento muscular (pois todas as pessoas come algo, não é ?) mas, com certeza absoluta, o desenvolvimento muscular deixará muito a desejar.

Como podemos bem ver, ambos os aspectos são fundamentais para obter um corpo realmente invejável. Focando apenas um ou outro é seguir o caminho pela metade. Treino depende sim de dieta e dieta depende sim de treino. Um complementa o outro e assim, formam-se os fins necessários.

Bons treinos!

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*